Quem sou eu

Santos, São Paulo, Brazil

sábado, abril 30, 2005

Ilhas



Sabe aqueles dias em que nos sentimos uma ilha...
pois é... acho que descobri minha vocação:
ser um ser-ilha.

"Ilha não é só um pedaço de terra cercado de água por tudo quanto é lado.
Ilha é qualquer coisa que se desprendeu de qualquer continente. Por exemplo: um garoto tímido abandonado pelos amigos no recreio, é uma ilha.

Um velho que esperou a visita dos netos no Natal e não apareceu ninguém, é uma ilha. Até um cara assoviando leve, bem humorado, numa rua cheia de trânsito e stress, é uma ilha.

Tudo na gente que não morreu, cercado por tudo o que mataram, é uma ilha. Toda ilha é verde.
Uma folha caindo é ilha cercada de vento por tudo quanto é lado. Até a lágrima é ilha, deslizando no oceano da cara."
Oswaldo Montenegro

10 comentários:

O Micróbio disse...

Palavras demasiado claustrofóbicas...

Daniel Aladiah disse...

Querida Angélica
Mas, se estendermos um braço e agarrarmos uma mão, passaremos a península e quem sabe unir-nos-emos num continente.
Um beijo
Daniel

TMara disse...

Verdade, mas uma ilha pode ser um lugar paradisiaco. Bjs e ;)

Å®t_Øf_£övë disse...

Gostei destes paralelismos.
Por vezes até eu me sinto uma ilha.
Bom domingo.
Bjs.

Ritinha disse...

Lindíssimo o texto.
Beijo grande

AS disse...

Belissimo texto e tantas vezes bem real...

Um beijo

Freddy disse...

Mas todas as ilhas um dia não o foram e mais cedo ou mais tarde vão deixar de o ser...

Beijinhos!

Nilza disse...

Olá!
onde vc se escondeu? porque parou de escrever?
Volta!!
Beijos

Blue C. disse...

Por isso é que as pontes são muito importantes... Beijinho doce

Å®t_Øf_£övë disse...

Gostava que passasses lá no "ABOUT LAST NIGHT" para participares na festa de aniversário e para soprares uma velinha.
Bjs.