Quem sou eu

Santos, São Paulo, Brazil

terça-feira, março 22, 2005

Se...

Se você for um sonho...
deixe-me fazê-lo a minha maneira, deixe-me torná-lo real.

Se você for lembranças...
deixe-me lembrar de ti, lembrar de tudo o que não fizemos, do que não tivemos, lembrar talvez do teu rosto sorrindo.

Se você for água...
deixe-me bebê-la em um só gole, deixe-me ser sua água, seu sangue.

Se você for fogo...
deixe-me queimar, pois as marcas do teu fogo são aquelas que quero lembrar.

Se você for ar...
deixe-me respirá-lo sentir teu vento tocando meu corpo, sentir os teus e os meus pensamentos.

Se você for amor...
deixe-me amar-te loucamente.

Se você for a dor...
deixe-me sofrer pois qualquer dor não é maior do que a dor de não estar ao teu lado.

Se você forte tudo...
deixe-me ser o nada.

Se você for um dia meu...
te prometo, seremos talvez o tudo, talvez o nada, um dia o fogo, um dia a água, uma vez sonho, uma vez realidade!

5 comentários:

Daniel Aladiah disse...

Querida Angélica
Muito bonito... e se o teu sonho se tornar realidade, então deixarás cair todos esses "ses".
Um beijo
Daniel

O Micróbio disse...

Se... :-)

Mariana disse...

É bonito. :)

menina disse...

Quem nos dera que tudo o que realmente quisessemos fosse realidade, não era? beijo

Anônimo disse...

Very nice site! Buying oxycontin by mail Tennis socks thorlo ice makers Ice machines dispensers princess cut dimond earrings