Quem sou eu

Santos, São Paulo, Brazil

quarta-feira, abril 06, 2005

o vôo


(...) Esgota, como um pássaro,
As canções que tens na garganta.
Canta. Canta para conservar a ilusão
De festa e de vitória.
Talvez as canções adormeçam as feras
Que esperam devorar o pássaro.
Desde que nasceste
Não és mais que um vôo no tempo.
Rumo ao céu?
Que importa a rota?
Voa e canta
Enquanto resistirem tuas asas.
Menotti del Picchia

Parei para olhar a chuva. Raios e trovões. Raios, não caibo mais dentro do armário, onde eu escondia meus medos – eles agora andam pela casa, crônicos e verbalizados. Tem dias que eles me fazem duvidar da força das pernas e da leveza das asas.

São eles, atrevidos e sarcásticos, que me fazem dever uma vela pra cada santo e desconfiar de todos os santos – mas é só em alguns dias – quando eu acordo querendo voltar pra cama.

Tem dias que simplesmente não vivo sem eles, esses medos disfarçados de ansiedade.
E nem é porque chove canivete, nem porque já é abril, não me engano.

Nesses dias, faço voto de silêncio e sustento um olhar arredio pra não distrair a esperança ou banalizar o sonho.

Nesses dias, só nesses, preciso aprender a soltar o pássaro preso na garganta pra que seu meu canto adormeça minhas feras.

Em tempo...
Eu, beija-flor dessa luz que se abre feito flôr a cada dia...
Eu, dobradura irriquieta de um papel escrito por mãos divinas...
Eu, origami das canções da vida, que voa por entre as flôres que a vida plantou para mim...

4 comentários:

TMara disse...

Lindo! E + n/ digo pq n/ há p/ dizer, a não ser k te vou roubar ests post (se o blog deixar) p/ enviar p/ um grupo de amigos com quem troco poemas. Claro k vai tudo identifcado. Autora e blog. Ando fazendo a ronda diária p/ votar, agora com 20 a concurso, ocupa mtº tempo pelo k, normalmente n/ deixo coment.Boa sorte. um destes dias calah-me a mim. Bjs e ;)

O Micróbio disse...

Palavras que bem ilustram um voo de papel...

Daniel Aladiah disse...

Querida Angélica
Eu não gostaria de esgotar as canções que tenho na garganta... mesmo que a voz me dôa.
Texto muito bonito, após o poema.
Um beijo
Daniel

Anônimo disse...

Looking for information and found it at this great site... Rollover litigation watch vicodin pill finder